Dicionário Alagoano


Agora em Janeiro, há poucos dias, estive em Maceió/Alagoas, tirando merecidas férias de uma semana! Foram excelentes dias, tanto pelo descanso, quanto pelo fato de Maceió ser uma cidade muito linda e receptiva! Fizemos passeios lindos e tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais desse cantinho brasileiro tão paradisíaco! Foram várias curiosidades e atrações que com certeza valerá à pena eu relatar aqui, com o tempo!
Gostaria de começar com o chamado Dicionário Alagoano, que encontrei em um guia de Maceió. Quando li achei muito interessante, pois ao mesmo tempo em que conhecemos certas expressões, tem outras que nunca tinha ouvido falar. São os chamados regionalismos que fazem com que encontremos muitos "brasis" dentro de um só. Gostaria de dividir isso com vocês, leitores!

Dicionário Alagoano
Apressado = Avexado
Ato realizado à força = Apulso
Bobo = Abestalhado
Bola de Gude = Chimbra
Briga pequena = Arenga
"Caba" (homem) Safado = Caba de Pêia
Catinga de suor = Inhaca
Com raiva = Invocado
Desocupado = Maloqueiro
Gente alta = Galalau
Lagartixa = Catenga
Largo = Afolozado
Legal = Massa
Mancha de pancada = Roncha
Mão de vaca = Pirangueiro
Medroso = Frouxo
Meleca de nariz = Catota
Menino Levado = Reinão Sete Couro
Mexer em algo = Bulir
Namoro pesado (amassos) = Chumbrego
Performance ou Atitude de palhaço = Munganga
Pernas finas = Cambitos
Pernilongo = Muriçoca
Preocupado = Aparreado
Quem é esperto = Sabido
Quem é franzino (pequeno e magro) = Xôxo
Quem não paga = Veiaco
Quem tem sorte = Cagado
Ralé = Mundia
Rir dos outros = Mangar
Sem destino = A toa
Sem dinheiro = Liso
Sinal de espanto = Vôte"
Sujeira de olho = Remela
Tudo que é ruim = Peba ou Paia

E agora, mais três palavras enviadas pelo amigo Killerengel! Anotem aí heim:
munganga = pantinho.
Maiá = utilizar indevidamente transporte público sem pagar.
estar no quejo = uma pessoa que está sem namorar e sem ficar faz tempo(O povo não fala queijo fala quejo mesmo).

Aposto que muitas dessas expressões ninguém sabia que existia, não é mesmo? Para mim, essas diferenças de cada região e lugar, é o que mais enriquece o acervo pessoal de cada um. É aí que entra uma frase que vi no aeroporto: "Sua bagagem cultural você leva para sempre! Viaje por todo o Brasil!" Vale à pena é viajar o mundo!
Parabéns para o estado de Alagoas, particularmente para a cidade de Maceió! Espero mesmo voltar lá algum dia!

Mandem para mim o que há de especial na opinião de vocês: robertavonzastrow@gmail.com
:*

Read Users' Comments (5)

Sol brasileiro!


Para quem acha que só nós brasileiros queremos ir para o exterior, primeiro mundo, ver neve, e que aqui não tem nada demais, está redondamente enganado! Comecei em um novo trabalho neste ano de 2010, onde tenho a oportunidade de conversar com estrangeiros, e eles estão me mostrando que, dentre tantas outras maravilhas, o sol que brilha aqui já é o suficiente para muitos decidirem vir para cá. Isso mesmo, esse sol radiante, que reclamamos dele todos os dias por estar fritando nossas cabeças. Nós reclamamos, mas os gringos amam!
Tive acesso a um vídeo, mostrando a viagem de jovens intercambistas pelo Nordeste brasileiro. Todos eles se dirigiam ao câmera, mencionando como o sol daqui é forte, e que eles não queriam mais voltar para a sua terra natal.
Ontem também tivemos a visita de um jovem Alemão, aqui na agência. Resolvi perguntar a ele o motivo pelo qual ele quis vir fazer intercâmbio aqui no Brasil. Ele respondeu: "Porque o Brasil é um país de belas naturezas, e o sol daqui é quente, animando as pessoas!". Depois desse depoimento, fiquei pensando... uma coisa que é tão normal pra gente, e que faz parte do cotidiano, encantam outras, que saem do seu país desenvolvido e de primeiro muito, para sentir na pele o que é um sol que aquece de verdade. E não é só isso. Recentemente li no livro Mineirinha N´Alemanha que, durante a época de inverno, nesses países nórdicos, é quando se tem o maior índice de suicídios. Isso porque o sol acaba ficando meses sem aparecer, deixando muitas pessoas deprimidas e entediadas, devido ao clima fechado e frio, sempre constante. Muitas vezes é nessa hora que entram em prática as decisões de ir para países tropicais, como o Brasil. Aqui eles encontram sol quente, calor, pessoas animadas, sempre dançando e com pouca roupa, e praias deslumbrantes. Dessa forma, eles não querem voltar para o país de origem nunca!
Meu namorado, durante sua viagem para a Europa em Dezembro do ano passado, teve a oportunidade de conversar com um Italiano que estava embarcando aqui para o Brasil. Cidade de destino? Salvador. Motivo? Lugar de muito sol, calor, praia e... mulheres mulatas. Olha só como os opostos se procuram, né!
Ontem apareceu por aqui também um belga, e acabei fazendo para ele a mesma pergunta que fiz para o alemão, "Qual o motivo pelo qual você quis vir fazer intercâmbio aqui no Brasil?". Sua resposta foi a mais bela, sendo motivo de orgulho para qualquer brasileiro: "Não há nenhum sol no mundo, como o sol daqui do Brasil!".

Enviem para mim o que chama atenção de vocês nesse mundo! Mandem fotos ilustrando as curiosidades. Aqui, elas ganham espaço! >> robertavonzastrow@gmail.com
Em breve falarei também da neve, para quem curte um friozinho, assim como eu! ^^

Read Users' Comments (3)